CANAL DO ATLETA

Taxa do Jogador

O Saldo Acumulado da ´Taxa do Jogador ´será distribuída aos jogadores ao final  do ano da seguinte maneira:
 

- Número 1 do Ranking NSB: receberá 70% do saldo acumulado;

-Número 2 do Ranking NSB: receberá 20% do saldo acumulado;

-Número 3 do Ranking NSB: receberá 10% do saldo acumulado;

 
 
Saldo Atualizado:
 
 

Masculino:

 

Registro NSB Rio 10k (Mar/2016): R$ 250

Registro NSB Rio 3k (Mar/2016): R$ 250

Multa Atleta NSB Rio (Mar/2016): R$ 275

Registro NSB SP1 3k (Abr/2016): R$ 250

Registro NSB Poa 3k (Jul/2016): R$ 250

Registro NSB SP2 3k (Mai/2016): R$ 250

Registro NSB Rio3 10k (Jul/2016): R$250

Registro NSB Natal 10k (Mai/2016): R$ 250

Registro NSB Rio2 3k (Jun/16): R$ 250

Registro NSB Rio3 3k (Jul/16): R$250

Registro NSB PG 20k (Ago/16): R$ 250

--------------------------------------

Saldo atualizado: R$ 2.775,00

 

 

 

Feminino:

 

Registro NSB Rio 10k (Mar/2016) : R$ 250

Registro NSB SP 3k (Abr/2016): R$ 250

Registro NSB SP 3k (Mai/2016): R$ 250

Registro NSB Rio2 15k (Jun/16): R$ 250

Registro NSB PG 20k (Ago/16): R$ 250

--------------------------------------

Saldo atualizado: R$ 1.250,00

 


 

Avisos Oficiais

19/junho/2016 : COMUNICADO OFICIAL – ADVERTÊNCIA JOGADORA

 

A Confederação Brasileira de Squash (CBS) e o Novo Squash Brasil (NSB) anuncia a advertência a atleta envolvida no ocorrido durante a Primeira Rodada realizada as 18h00 do dia 17 de junho de 2016 válido pela Etapa NSB Super Pro Brasília 2016:

 

Momento da ocorrência: 
Após encerrar o Jogo entre Nicole Barros e Nayanne Couto.

Envolvida:
Atleta : Nicole Barros

 

Observação: uma vez que o “Manual do NSB” (Regulamento) prevê que toda a ´Arbitragem´ será feita por um ´Jogador Profissional´ participante da etapa,  o mesmo responde como tal em qualquer situação seja disciplinar ou não.

 

Situação : 
   Após o jogo encerrado, conforme prevê o regulamento, a atleta derrotada DEVE arbitrar a próxima partida. Situação onde o atleta deve se mostrar apto e exercer a função e se mostrar disponível para o Promotor dar sequencia a competição.

   No entanto, a atleta não o fez, e ao ser procurada não foi encontrada causando transtorno ao Promotor e atraso ao evento.

 

Punição a Jogadora Nicole Barros: Fica aqui registrado uma advertência a atleta em questão, ficando a mesma sujeita a punição conforme prevê o Manual do NSB, se houver reincidência.

---------------------------------------

 

 

13/março/2016 : COMUNICADO OFICIAL – PUNIÇÃO JOGADORES

 

A Confederação Brasileira de Squash (CBS) e o Novo Squash Brasil (NSB) anunciam as punições aos atletas envolvidos no ocorrido durante o jogo semifinal realizado as 20h00 do dia 12 de março de 2016 válido pela Etapa NSB Rio 2016:

 

Momento da ocorrência: 
Primeiro Game do Jogo quando o placar apontava empate em 10/10.

Envolvidos:
Jogador 1 : Rafael Alarcon
Jogador 2 : Vinícius Rodrigues
Árbitro : Ronivaldo Duarte

 

Observação: uma vez que o “Manual do NSB” (Regulamento) prevê que toda a ´Arbitragem´ será feita por um ´Jogador Profissional´ participante da etapa,  o mesmo responde como tal em qualquer situação seja disciplinar ou não.

 

Situação 1: 
Reclamações e provocações feita por ambos os jogadores ao árbitro durante o tempo que durou o jogo.

 

Punição ao Jogador Rafael Alarcon: nenhuma punição foi atribuída pois a CBS e o NSB entendem que esse tipo de atitude deveria ter sido conduzida pelo árbitro com advertências e outras atribuições que prevê a regra internacional do squash.


Punição ao Jogador Vinícius Rodrigues: nenhuma punição foi atribuída pois a CBS e o NSB entendem que esse tipo de atitude deveria ter sido conduzida pelo árbitro com advertências e outras atribuições que prevê a regra internacional do squash.

 

Situação 2:
Invasão na quadra por parte do árbitro cometendo uma atitude inesperada, indevida e ríspida contra os jogadores;

 

Punição para o Árbitro/Jogador Ronivaldo Duarte: a CBS e o NSB não permitem esse tipo de atitude e por isso penalizaram o jogador com a perda de 50% do valor de sua premiação em dinheiro e perda de 30% dos seus pontos feitos nesta etapa.

 

Situação 3:
Reação dos jogadores a atitude cometida pelo árbitro da partida;

 

Punição para o Jogador Rafael Alarcon: a CBS e o NSB entendem que a reação do jogador foi uma “defesa” a ofensa cometida pelo árbitro, ou seja, Rafael não teve culpa nem causou o problema, no entanto sua “reação” ao ocorrido foi considerada ´não cordial´ e lhe gerou uma perda de 10% da sua pontuação feita nesta etapa.

 

Punição para o Jogador Vinícius Rodrigues : a CBS e o NSB entendem que não houve nenhuma reação por parte do jogador ao ato cometido pelo árbitro que seja considerada relevante e por isso não concedeu nenhuma punição ao jogador.

 

Resultado do Jogo:
Após o ocorrido, ambos os jogadores foram convidados a dar continuidade a partida com um novo árbitro. Vinicius Rodrigues aceitou. Rafael Alarcon não aceitou e então foi considerado como perdedor da partida.